Header Ads

6 fatos curiosos que você provavelmente ainda não conhecia

Zalipie, na Polônia (Foto: Flickr / Ministry of Foreign Affairs of the Republic of Poland)

 

 

1. Autor previu o acidente do Titanic anos antes do navio ser construído
No fim do século 19, o americano Morgan Robertson escreveu O naufrágio de Titan ou Futilidade. No livro, o navio, além de se chamar Titan, bateu em um iceberg, tinha poucos botes salva-vidas e afundou em meados de abril (assim como o Titanic). Robertson ainda estava vivo quando a tragédia — que resultou no Oscar de Melhor Filme — ocorreu. Ao ser comparado com um vidente ele disse: “Não, eu só sei sobre o que estou escrevendo, só isso”.

2. Uma cidade da Polônia em que tudo (tudo) é decorado com flores
Os 750 habitantes de de Zalipie, na Polônia, decoram tudo — literalmente tudo — com flores. Reza a lenda que no passado as pessoas pintavam os muros de suas casas para cobrir as manchas de fumaça, resultado da queima de madeira. A moda pegou e, hoje, todas as casas, pontes e celeiros são decorados com flores.

3. Existem árvores que podem dar mais de uma fruta — e elas são chamadas de “árvores salada de frutas”
Os australianos James e Kerry West misturaram diversas espécies de árvores da mesma família para gerar essas “saladas”. O resultado foram três tipos de árvore: cítricas, que produzem limões, laranjas e toranjas; macieiras, com maçãs de vários tipos; e uma que produz pêssegos, nectarinas, damascos e ameixas.

4. Em Queensland, na Austrália, você só pode ter um coelho de estimação se trabalhar como  mágico
O governo local fez essa proibição em 2014, alegando que coelhos são potenciais destruidores de plantações. A pena para quem descumprir a lei chega a seis meses de prisão e uma multa de US$ 44 mil. 

5. Lontras têm uma bolsa sob o antebraço para armazenar alimentos e pedrinhas
Além de guardarem comida nas dobrinhas de pele, essas fofinhas ainda têm espaço para armazenar suas pedrinhas preferidas. Owwwwwn.

6. A norte-americana Elizabeth Jennings Graham resistiu ao racismo muito antes dos movimento sociais do século 20
Em 1854, Graham confrontou a população branca ao embarcar em um bonde destinado a brancos. Na época, as pessoas negras só podiam utilizar transportes públicos com o aval de um branco — a norte-americana se agarrou à janela numa tentativa frustrada de resistir a dois homens que queriam jogá-la na rua. A senhora ganhou o caso de racismo na Justiça, mas os tribunais de Nova York, local onde ocorreu o crime, só baniram a lei após 20 anos.

(Com informações de Buzzfeed.)

Leia mais:
+ 5 filmes preferidos do filósofo Slavoj Žižek
+ 18 fatos científicos de 2017 que você precisa conhecer

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.