Header Ads

10 textos para entender melhor as questões LGBT

 (Foto: DISTRIBUIÇÃO/20TH CENTURY FOX)

 

Entender as principais questões envolvendo sexualidade e gênero pode ser desafiador em um mundo que ainda não deixou de ser preconceituoso. A GALILEU tem sempre a preocupação de esclarecer os assuntos que envolvem as comunidades de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros para ajudar na construção de uma sociedade mais inclusiva e justa.

Pensando nisso, fizemos uma seleção dos nossos principais textos sobre o universo LGBT. Esperamos que ler (ou reler) estas matérias ajude todos a abrir mais a cabeça.

Tudo que você sabe sobre gênero está errado
Entender a diferença entre identidade de gênero e orientação sexual é, hoje, um dos conceitos mais importantes para se discutir as causas LGBT no país e no mundo. Não é necessariamente homossexual alguém nascido biologicamente homem, mas que enxerga seu gênero como feminino (ou seja, uma mulher trans). Também não é regra que um homem que gosta de se vestir como mulher deseja ser, necessariamente, uma mulher. No texto que foi capa da edição de novembro de 2015 da GALILEU, você entende melhor essa e outras questões.

"A igreja tem que mudar porque gera desamor", diz padre excomungado
O padre Roberto Francisco Daniel sofreu um processo de excomungação devido ao seu ativismo a favor das pessoas homossexuais. Nesta entrevista, o padre Beto, como era carinhosamente chamado pelos fiéis da sua paróquia, conta como foi participar do tribunal eclesiástico que tomou a decisão e diz como as atitudes da igreja católica, segundo ele, podem incitar o preconceito contra a comunidade LGBT.

Cientistas LGBT se sentem mais à vontade para assumir orientação sexual no trabalho
Um estudo feito na Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, mostrou que pesquisadores científicos gays, lésbicas, bissexuais e transgênero são mais abertos sobre sua orientação sexual no ambiente de trabalho do que trabalhadores LGBT de outras áreas. No texto, um dos autores do estudo explica como o aumento da diversidade não só em relação à orientação sexual como também de gênero poderia reverter esse cenário.

6 dicas que vão te ajudar a lidar melhor com pessoas trans
Neste texto simples e direto de 2015, a GALILEU lista as melhores práticas para se lidar com pessoas transgêneros. Perguntar como ela prefere ser chamada, jamais questioná-la sobre cirurgias de mudança de sexo e não fazer suposições sobre sua orientação sexual são alguns dos principais conselhos.

Uma lei pode determinar o que significa família?
Após o Estatuto da Família ter entrado em discussão na câmara dos deputados em 2015, a GALILEU mostrou neste texto do mesmo ano a enorme diversidade de núcleos familiares existentes no Brasil e como a aprovação de uma lei como essa não refletiria a realidade do país. Famílias LGBT seriam tremendamente afetadas pela lei já que o texto definiria que família se constitui exclusivamente a partir da união entre um homem e uma mulher. Casais como Marcos e Robson, que adotaram Anthony, ficariam impedidos de construir um lar. 

A primeira mulher transgênero candidata a um cargo executivo no Brasil
Samara Braga foi a primeira mulher trans a se candidatar a prefeita da cidade de Alagoinhas, no interior da Bahia. Para chegar à candidatura, porém, ela precisou vencer uma série de preconceitos e obstáculos legais. Seu nome social, por exemplo, ainda não havia sido aceito pelo Tribunal Superior Eleitoral. Acompanhe a jornada de Samara durante sua campanha que contou com financiamento de apenas R$ 1.000.

11 filmes com temática LGBT para abrir a cabeça
Para aqueles que estão cansados de ler sobre o assunto LGBT, a GALILEU preparou uma lista de filmes para você ver como as questões da diversidade podem ser tratadas de forma inovadora e original. Na lista, estão, por exemplo, um longa filmado completamente com um iPhone 6, um documentário tocante sobre uma mulher trans em Uganda, além do brasileiro Flores Raras, que conta o romance entre a poetisa Elizabeth Bishop e a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares.

Pesquisadora analisa o sexo entre homens héteros
Jane Ward, especialista em estudos femininos na Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, estudou melhor as experiências sexuais de homens héteros para tentar desmitificar a ideia rígida que a sociedade possui da heterossexualidade masculina. Segundo seus estudos, muitos homens podem ter relações com pessoas do mesmo sexo e mesmo assim ainda se definirem heterossexuais se perceberem a prática como algo acidental ou, até mesmo, necessário.

Sexo não é binário
Entenda melhor como a bissexualidade não é "indecisão" ou "apenas uma fase" neste texto da GALILEU de 2015. Da Grécia antiga até hoje, os bissexuais sempre estiveram presentes na sociedade. Entre estigmas e preconceitos que muitas vezes podem vir inclusive da própria comunidade LGBT, muitos homens e mulheres bi compartilham suas experiências de vida e mostram que é possível sim cortar dos dois lados.

"A sociedade fala sobre travestis, mas nunca ouve o que temos a dizer"
A escritora e ativista Amara Moira conta nesta entrevista à GALILEU como é ser ativista não só da causa trans como também da regulamentação da prostituição no Brasil. Em seu livro E Se Eu Fosse Puta (Hoo Editora), Moira fala sobre sua transição para o gênero feminino e seus dias (e noites) como profissional de sexo. Para ela, a literatura trans é necessária "para que a gente deixe de ser olhadas como inimigas, como ameaça e para começarmos a ser olhadas como seres humanos, como pessoas que também merecem existir".

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.