Header Ads

5 filmes sobre todas as formas de amor


Fazia um tempo que queria falar sobre algum filme sobre as várias formas de amor, mas sempre tive dificuldade de escolher somente um, então pensei: “por que não falar de vários?”. E aqui estamos! É lindo saber que existem várias formas de amar.

Acredito que o mundo seria muito monótono se existe somente uma forma de sentir, de amar ou de ser. E nessa diversidade nos encontramos e vivemos todos os dias. Essa diversidade que muitas pessoas ainda não entendem, mas no fim não precisa ser entendido e sim, aceito.

No cinema, essa temática tem ganhado mais força, com filmes sobre amores e realidades, sobre o querer ser alguém que a sociedade vai julgar, sobre essa liberdade de ser quem é e amar quem quiser.

E sobre os filmes que separei, espero que gostem!

1 – Azul é a cor mais quente

Uma jovem, ao andar pela rua vê uma moça de cabelo azul passar e, de primeira vista, se encanta por essa garota desconhecida. Adèle e Emma são duas garotas que se apaixonam e vivem uma linda história de amor. A diferença é que Emma já tem uma certa experiência com amores e com a vida. Enquanto que Adèle nunca havia beijado uma garota e está se descobrindo, desde quanto a sua sexualidade, até ao que quer para a vida.


É um lindo filme, sobre o nascer do amor e sobre o descobrir-se amando.

2 – Hoje eu quero voltar sozinho

Esse filme brasileiro nasceu de um curta de nome “Eu não quero voltar sozinho”. O filme é incrível e conta sobre como é difícil se descobrir gay na adolescência. Ele conta a história de dois garotos adolescentes que se conhecem na escola e se tornam amigos, tem ainda a questão de que Leonardo, um dos garotos, ser cego. Ou seja, enquanto Leonardo estava tentando se tornar independente da sua mãe, Gabriel chega como aluno novo na escola e se tornam amigos.


Com o tempo Leonardo se vê não mais como só amigo de Gabriel, mas um sentimento a mais começa a tomar conta. É um filme leve e lindo de assistir.

3 – A garota dinamarquesa

Explorando outras formas de amor, aqui vem o amor-próprio. Esse filme conta a história de Lili Elbe, a primeira pessoa a se submeter à cirurgia de mudança de gênero, isso em 1920. Einar Mogens Wegener era pintor e casado com Gerda, mas a grande verdade é que ele não se sentia confortável em seu corpo e nem se sentia tão atraído por mulheres. Nessa busca por si mesmo, ele foi o percursor dessa cirurgia, que até hoje é complicada.

4 – Milk – A voz da igualdade

Milk foi um grande homem que venceu os preconceitos de sua época e chegou a conquistar um cargo público. No início dos anos 70, quando ser gay era extremamente vergonhoso para a sociedade em geral, Milk lutou pelos seus direitos e pelos direitos das pessoas que como ele, eram homossexuais. Não deixe de ver esse filme sobre essa tocante história!

5 – Tomboy

Não há idade para descobrir que alguma coisa não está certa. E nem sempre precisamos passar por experiências sexuais para saber disso. Em Tomboy, Laure é uma adolescente que se veste como menino e usa cabelo curto, e ela se sente bem assim. Ao ser confundida com um garoto, ela passa a adotar essa nova face, até porque como se mudou a pouco tempo isso ficou mais fácil de ser dito como verdade. Afinal, era verdade, ela gostava de jogar bola, de vestir roupas masculinas, de ser quem ela diz e sentir ser. Porém seus pais não sabem dessa vida dupla que Laure, e agora Mikael, leva.

Diga nos comentários o que achou dessa lista e quais outros filmes vocês indicariam. E como diz Lulu Santos: “Consideramos justa toda forma de amor”.

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.