Header Ads

ENTREVISTA: Shania Twain quer gravar com Taylor Swift e Sia

Depois de 15 anos do seu último álbum de estúdio, Shania Twain está prestes a voltar ao cenário country pop com o novo disco “Now”, programado para ser lançado em setembro deste ano. O Papelpop conversou por telefone com a cantora canadense, que contou mais sobre o novo projeto e que gostaria de um dia fazer uma parceria com Taylor Swift e Sia. “Acho que isso seria bem interessante.”

Shania falou que o seu novo trabalho é bem pessoal. “Eu escrevi ele inteiro, sem a colaboração de ninguém, o que o torna bem direto e emotivo. O álbum sou eu por inteira”, explica. A cantora também explicou que Prince quase produziu o seu novo disco, e que ela sempre viu uma conexão muito forte entre o country e o pop. “Eu amo Miley Cyrus, eu amo Taylor Swift”, confessou.

A canadense também falou que mantém contato com Paula Fernandes, com quem gravou uma versão do seu hit “You’re Still the One”, em 2014, e que sonha em vir ao Brasil. “Ela veio até Las Vegas, passamos um bom tempo juntas, e ainda mantemos contato. E eu nunca fui ao Brasil. Eu conheço pouco. Até andei pesquisando mais sobre o Brasil, porque planejo ir para aí. A Paula até já me mandou fotos para me deixar com mais vontade. Se eu conseguir fazer shows aí, acho que vou acabar ficando um tempo a mais só para passear e conhecer o país.”

Na semana passada, Shania Twain liberou “Life’s About To Get Good”, o primeiro single de “Now”, que chega às lojas no dia 29 de setembro.

 

CONFIRA A NOSSA ENTREVISTA COMPLETA COM SHANIA TWAIN:

PAPELPOP: O seu último álbum foi lançado há 15 anos, como é voltar com novas músicas, um novo álbum, depois de tanto tempo?

Shania Twain: É muito gratificante e super emocionante voltar a trabalhar nas músicas. É um sentimento muito bom.

Em 2012, você começou uma residência em Las Vegas…

Isso mesmo, fiquei lá por dois anos.

Depois de você, muitos artistas também começaram residências, como Britney Spears, Jennifer Lopez, Mariah Carey, quais são os prós e os contras de uma residência em Vegas?

Há muitas coisas positivas em uma residência em Vegas. É uma produção excepcional. Foi um momento maravilhoso e extraordinário. Não era tão desafiador ficar em um único local, ao invés de viajar o tempo todo. A única coisa negativa é que você deixa de conhecer cidades novas, e o público dessas cidades. Fora isso, ter uma residência em Vegas é uma ótima experiência.

Você tinha dito anteriormente que conversou com Prince por alguns meses e que ele quase foi produtor deste seu novo álbum. Poderia explicar melhor isso?

O Prince foi atrás de mim para produzir um álbum. Mas não era um timing muito bom para mim, porque eu estava no meio de um processo de divórcio, então eu não tinha escrito músicas o suficiente e estava com problemas na voz, eu não estava pronta para fazer um novo álbum. Foi uma conversa bem prematura, e infelizmente eu não estava pronta mesmo. Agora que ele se foi, eu me sinto muito grata por tê-lo conhecido, conversado com ele, trocado experiências. Me sinto muito sortuda por tê-lo conhecido, mesmo sem ter tido a chance de trabalhar efetivamente com ele.

Há algum tempo você foi diagnosticada com disfonia [dificuldade na produção da voz]. Como foi gravar este novo álbum e lidar com a recuperação da sua voz?

Isso afetou muito a minha capacidade vocal. Eu comecei a fazer uma terapia mesmo antes dos meus shows em Vegas, e depois eu segui com a minha turnê “Rock This Country”, sempre fazendo trabalhos com a minha voz. Eu fui cada vez mais encorajada a voltar a gravar em estúdio. Foi um processo longo, até que eu adquiri a confiança suficiente para fazer o álbum novo.

Já há planos para uma turnê com o “Now”?

Sim. Agora que o álbum está pronto, e estou muito confiante com as músicas, gostaria de apresentá-las ao vivo.

Talvez vir ao Brasil…

Exatamente [risos]. Eu adoraria. Eu nunca estive aí. Sei que muitos brasileiros vêm aos meus shows. Seria incrível poder ir ao Brasil e fazer shows por aí.

Você tem um dueto com a Paula Fernandes, uma versão do seu hit “You’re Still the One”. Você conhece outros artistas brasileiros?

Ela é quem eu mais conheço, porque ela veio até Las Vegas, passamos um bom tempo juntas, e ainda mantemos contato. E eu nunca fui ao Brasil. Eu conheço pouco. Até andei pesquisando mais sobre o Brasil, porque planejo ir para aí há um tempo. A Paula já me mandou fotos para me deixar com mais vontade. Se eu conseguir fazer shows aí, acho que vou acabar ficando um tempo a mais só para passear e conhecer o país.

E já ouviu o sertanejo, o country brasileiro?

Não. Acho que preciso pedir para a Paula me mandar para eu ouvir.

Shania, você é chamada de a Rainha do Country Pop, e recentemente algumas cantoras como Taylor Swift foram do country para o pop, Miley Cyrus que quer voltar às raízes country, ou mesmo Lady Gaga e Beyoncé que experimentaram um pouco do country em seus últimos trabalhos. O que estes dois ritmos têm tanto em comum?

Acho que há uma grande ponte entre esses dois gêneros musicais. Tem muito de as músicas contarem uma história. Há também o folk, que mistura um pouco de country e pop. O country não é tanto para dançar, mas para você falar algo para si mesmo, ou para os outros. Mas há muitos tipos de country e muitos tipos de pop. Eu me considero bem voltada ao pop. Eu gosto de públicos e gêneros mistos.

E o que você acha do trabalho dessas cantoras pop com uma pegada country?

Eu adoro. Eu as amo. Eu amo Miley Cyrus, eu amo Taylor Swift. Elas são duas artistas incríveis e fazem trabalhos memoráveis.

O que podemos esperar do seu novo álbum?

É um álbum bem diversificado. É muito pessoal, eu escrevi ele inteiro, sem a colaboração de ninguém, o que o torna bem direto e emotivo. O álbum sou eu por inteira.

Você disse que não teve a colaboração de ninguém no álbum, mas pensa em fazer uma parceria com alguém em um projeto futuro?

Sim, eu gosto bastante de parcerias. É que este álbum é mais sobre mim mesma, mostrar o meu verdadeiro eu. Fiz ele por mim.

Há algum nome com quem você nunca trabalhou, mas gostaria?

Há tantas pessoas! Eu acho que gostaria de trabalhar com a Taylor, porque ela é uma ótima cantora e compositora. Acho que isso seria bem interessante. E A SIA! Eu adoraria trabalhar com a Sia, seria muito legal fazer algo com ela!

Nosso tempo está acabando, mas muito obrigado por conversar comigo. Estou aguardando o lançamento do seu álbum em setembro.

Ah, obrigada, você vai gostar dele! Tchau, tchau!

O post ENTREVISTA: Shania Twain quer gravar com Taylor Swift e Sia apareceu primeiro em PAPELPOP.

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.