Header Ads

Quick Charge 4+ promete deixar a recarga da bateria mais rápida do que nunca

No mundo perfeito, os nossos smartphones têm baterias que duram pelo menos uma semana. A vida real é bem diferente, você sabe bem, mas pelo menos podemos contar com tecnologias de recarga rápida. A mais nova é o Quick Charge 4+, da Qualcomm, que promete reduzir ainda mais o tempo necessário para a carga da bateria chegar a níveis expressivos.

De acordo com a companhia, o Quick Charge 4+ é até 15% mais rápido e 30% mais eficiente que a geração anterior, o Quick Charge 4. E olha que esta versão é impressionante por si só: o Quick Charge 4 precisa de apenas 15 minutos para fazer uma bateria de 2.750 mAh ter cerca de 50% de carga.

As melhorias trazidas pelo Quick Charge 4+ foram possíveis graças a alguns poucos, mas importantes refinamentos. Um deles é uma revisão do Dual Charge, tecnologia que transmite energia por duas vias para otimizar o tempo de recarga e diminuir o calor resultante.

Quick Charge 4+

Há ainda o Intelligent Thermal Balancing, que determina qual via é mais adequada para a transmissão de energia em dado momento levando a temperatura como parâmetro de decisão. A Qualcomm fala também de um novo conjunto de recursos de segurança, capaz de prevenir inclusive superaquecimento em portas USB-C.

A adoção do Quick Charge 4+ levará algum tempo, mas o primeiro smartphone compatível com a tecnologia já foi anunciado: trata-se do Nubia Z17, da ZTE. O modelo tem tela de 5,5 polegadas, processador Snapdragon 835, até 8 GB de RAM, bateria de 3.200 mAh e chances praticamente nulas de ser lançado no Brasil.

Quick Charge 4+ promete deixar a recarga da bateria mais rápida do que nunca

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.