Header Ads

Escovação: será que você faz do jeito certo?

Quando você era pequeno já te ensinaram a importância de escovar os dentes todos os dias. Não apenas uma, mas algumas vezes. Muito para evitar cáries e o mau hálito, claro. Lembra? Mas será que você faz do jeito mais correto?

Uma escovação feita sem os devidos cuidados, usando uma escova de dentes errada, pode causar a sensibilidade nos dentes, aquela dorzinha aguda na hora de tomar algo gelado ou quente. Conversamos com a dra. Erika Bonito, dentista (CRO 84197/SP) e coordenadora de relacionamento da GSK, e a seguir revelamos em quais pontos você precisar redobrar sua atenção:

Cerdas duras ou macias?

Pode parecer um pouco óbvio, mas para escolher uma escova de dentes é preciso desmistificar algumas crendices populares. O primeiro ponto a observar é a rigidez das cerdas. Diferente do que se pode pensar a princípio, a realidade é que quanto mais macias elas são, melhor.

As médias e duras passam a impressão de serem mais ‘eficientes’, mas é justamente o contrário: somada à força com que escovamos os dentes, elas podem desgastar o esmalte e te trazer problemas piores.

Cabo e cabeça da escova

Outros aspectos importantes em uma escova são o cabo e o tamanho da cabeça. Prefira aquelas que são mais leves, com pegadas firmes, ergonômicas e com cabeças menores e bem flexíveis. São esses fatores que permitem que as cerdas alcancem os dentes molares, mais difíceis de higienizar, pois ficam lá no fundo da boca.

Tá com pressa?

Além da regularidade do hábito, uma higienização correta dos dentes precisa ser feita com atenção e nenhuma pressa. Nada de escovar de forma agressiva! Quando feita dessa forma, o esmalte se desgasta com mais facilidade. Além disso, quando as cerdas são muito duras, como já falamos, pode também acontecer a retração da gengiva, o que deixa a dentina exposta. Em ambos os cenários, aumenta a chance de hipersensibilidade dentinária.

120 segundos

Devo começar pelos superiores ou inferiores? De fora para dentro? O jeitinho exato de como os dentes são escovados varia de pessoa pra pessoa, e isso vai de acordo com a orientação de cada dentista para seus pacientes. Mas, tem um detalhe que faz toda a diferença: o tempo. Uma escovação completa que dure pelo menos 2 minutos é o indicado por especialistas. E não conta o tempo passando o fio dental, hein? Ele é também importante e precisa ser usado com frequência para manter a saúde bucal completamente em dia.

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.