Header Ads

Esta parceria com o PayPal pode resolver o maior problema do Samsung Pay

O sistema de pagamentos móveis da Samsung existe há mais de um ano no Brasil. Ele funciona bem (ainda que muitos vendedores olhem desconfiados quando tento pagar pelo celular), mas tem um problema: nem todos os bancos suportam o Samsung Pay. Aliás, mesmo entre os bancos suportados, nem todos os cartões funcionam na plataforma. Mas uma parceria de peso pode resolver essa questão.

A Samsung fechou um acordo improvável com o PayPal e vai adicioná-lo como método de pagamento dentro do Samsung Pay. Digo “improvável” porque eles são concorrentes, pelo menos na minha cabeça: ambos possuem sistemas de pagamentos móveis, e ambos são intermediários entre o seu cartão e o vendedor. É como se o MercadoLivre (que tem o MercadoPago) começasse a aceitar PayPal.

Samsung Pay

A parceria com o PayPal abrange transações online e presenciais pelo Samsung Pay, seja utilizando NFC (que simula o chip) ou MST (que simula a tarja magnética). Do outro lado, a Braintree, uma empresa de pagamentos comprada pelo PayPal em 2013, vai suportar o Samsung Pay. O acordo vale para os Estados Unidos e “será expandido para outros países em breve”, segundo as empresas.

Para os usuários, claro, a vantagem de ter o PayPal dentro do Samsung Pay é que o PayPal suporta basicamente todos os cartões, não apenas a seleção limitada da coreana. O Samsung Pay já funciona com alguns plásticos do Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Inter e outros, mas há ausências importantes, notavelmente Nubank e Itaú — os dois foram prometidos ainda na época do lançamento, e até agora não chegaram.

O acordo com os bancos é um dos maiores entraves para os sistemas de pagamentos das fabricantes: o Android Pay está previsto para chegar ao Brasil até o final do ano, também com uma lista limitada de instituições bancárias; e o Apple Pay já está sendo testado internamente por bancos há pelo menos um ano, mas ainda não tem previsão oficial de lançamento no país.

Quando chega?

Procurei as empresas envolvidas para se pronunciarem sobre o assunto.

Em nota, o PayPal Brasil informa que não está autorizado a comentar sobre produtos ou serviços, sejam locais ou globais, até o dia 26 de julho, dia em que a empresa vai liberar seu relatório financeiro trimestral.

A Samsung Brasil apenas confirma ao Tecnoblog que o serviço “inicialmente estará disponível somente nos Estados Unidos”, acrescentando que informações sobre outros países “serão divulgadas em breve”.

E os bancos brasileiros?

Enquanto a parceria entre PayPal e Samsung Pay não chega ao Brasil, conversei com as duas instituições que ainda não liberaram seus cartões no sistema de pagamentos móveis da coreana.

“O Itaú Unibanco informa que já está pilotando o Samsung Pay para uma base pequena e, em breve, o serviço estará disponível para todos os clientes”, diz o banco em comunicado ao Tecnoblog.

O Nubank afirma que está “trabalhando em uma série de novidades, entre elas a integração com o Samsung Pay”, mas não possui data para o lançamento.

Da parte da Samsung, a fabricante informa que “o Samsung Pay já está 100% habilitado para o Itaú iniciar a implementação do serviço”.

Atualizado às 18h11 com o posicionamento do Nubank.

Esta parceria com o PayPal pode resolver o maior problema do Samsung Pay

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.