Header Ads

Fraser Stoddart: as lições de um Nobel de Química

Fraser Stoddart (Foto: Reprodução Youtube / Universidade de Northwestern)

 

James Fraser Stoddart é um escocês naturalizado americano, tem 75 anos, duas filhas e adora tirar fotos com os netos. Além de vovô orgulhoso, o cientista compõe uma das listas mais almejadas da sociedade: a dos vencedores do Prêmio Nobel. 

Stoddart passou a maior parte da vida procurando desvendar um pouco mais sobre os átomos, as moléculas, suas ligações e os mistérios que os circundam. Passou por várias instituições antes de se mudar definitivamente para os Estados Unidose e começar a trabalhar na Universidade Northwestern, no estado de Illinois.

Em 2015, o cientista publicou, junto com os colegas Pierre Sauvage e Bernard Feringa, um estudo pioneiro na área de máquinas moleculares, na qual desenvolveram moléculas cujos movimentos podem ser controlados para realizar tarefas com a adição de energia — o que é crucial para a nanotecnologia. O trabalho rendeu ao trio o Prêmio Nobel de Química de 2016.

+ Leia também: 4 dicas simples para aprender o que você quiser, segundo um Nobel de Física

Rumo ao Nobel
No início da década de 1980, o francês Jean-Pierre Sauvage conseguiu ligar duas moléculas circulares formando uma corrente. Isso é essencial para o desenvolvimento de uma máquina molecular, já que este tipo de ligação é mecânica, não química, o que permite maior maleabilidade dos conjuntos de átomos.

Em 1991, apareceu Stoddart, que conseguiu rosquear um desses aneis a um pequeno eixo molecular, demonstrando que o anel poderia se mexer ao redor do eixo. O dispositivo possibilitou a criação de vários mecanismos úteis para a nanotecnologia, entre eles um chip de computador com base molecular.

Oito anos depois, Bernard Feringa fez com que a pá de motor molecular girasse continuamente na mesma direção, gerando o primeiro motor molecular da história.

O americano orgulhoso de ser imigrante
Por mais que viva nos Estados Unidos há muitos anos e seja considerado norte-americano, Stoddart tem ressalvas à política atual de seu país. Na 49ª convenção da União Internacional de Química Pura e Aplicada (Iupac), realizada em São Paulo entre os dias sete e 13 de julho, o especialista mostrou uma foto sua ao lado do ex-presidente americano Barack Obama e disse: “Eu, quando tive a chance de conhecer um presidente de verdade”.

As críticas ao atual presidente do país, Donald Trump, não pararam por aí. Após questionar o Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia), o cientista  fez questão de ressaltar que alguns dos seus melhores alunos foram imigrantes e até se emocionou ao ler o trecho de um poema do escocês Robert Burns, que fala sobre a solidariedade entre as pessoas. “Me emociono porque penso em todas as coisas terríveis que estamos presenciando no mundo”, disse com a voz embargada.

Stoddart palestrando na convenção Iupac 2017 (Foto: Revista Galileu)

 

Dicas valiosas de James Fraser Stoddart
Antes de encerrar sua palestra na Iupac 2017, Stoddart revelou alguns segredos por trás do seu sucesso na academia e na vida, mas ressaltou: “Cada um deve encontrar sua maneira de fazer as coisas, essas são as que funcionaram para mim”.

Para ter sucesso na academia, segundo ele, é necessário:
- Priorizar ensinar seus alunos em vez de pesquisas
- Deixar que seus alunos levem o crédito pelas pesquisas deles
- Colocar seus alunos antes de você
- Apoiar seus alunos nas horas boas e ruins
- Identificar uma área de pesquisa que está recebendo pouca atenção
- Aceitar que o progresso nas pesquisas será lento
- Ser capaz de perceber a importância de uma descoberta
- Descobrir como lidar com as pesquisas
- Empenhar-se em praticar a escrita de artigos científicos
- Ter um alto nível de apresentação — oral e escrita
- Ter a força de um cavalo, a pele de um elefante e a ética de trabalho de uma abelha operária

Para ter sucesso em qualquer aspecto da vida, o ganhador do Nobel indica:
- Trate as pessoas como gostaria de ser tratado
- Seja respeitoso com as pessoas mais jovens que você
- Trate pessoas com diferentes passados e culturas da mesma forma
- Não fale mal das outras pessoas
- Pense antes de abrir sua boca
- Perceba que vivemos em um mundo pequeno
- Esteja pronto para dar mais que receber
- Apoie quem estiver ao seu redor
- Seja pronto, disposto e capaz de elogiar
- Aprenda a fazer muito com pouco

Leia mais:
+ "Nobel é tão importante quanto prêmio de vovó do ano", diz Ada Yonath
+ Trio de cientistas é premiado com o Nobel de Química de 2016

*Com supervisão de Isabela Moreira.

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.