Header Ads

Juno está sobrevoando a Grande Mancha de Júpiter neste momento

A Grande Mancha Vermelha, a parte mais misteriosa de Júpiter (Foto: NASA/JPL/Space Science Institute)

 

Um ano após ter entrado na órbita de Júpiter, a sonda Juno, da NASA, sobrevoará a Grande Mancha Vermelha nesta segunda-feira (10). Trata-se de um grande anticiclone de 16 mil quilômetros, considerada a parte mais misteriosa do planeta.

Acredita-se que a Grande Mancha exista há pelo menos 350 anos. "Essa tempestade monumental tem assolado o maior planeta do Sistema Solar há séculos", explicou Scott Bolton, cientista do Instituto Southwest de Pesquisa em San Antonio, nos Estados Unidos, e membro da missão Juno. "Agora, a Juno e seus instrumentos científicos atravessarão as nuvens para entender até onde vão as raízes da tempestade, o que nos ajudará a entender como esse furacão gigantesco funciona e o que o torna tão especial."

Nuvens da Grande Mancha Vermelha de Júpiter (Foto: NASA)

 

Este será o sexto voo rasante da sonda da agência espacial americana pelo gigante gasoso. No início da noite (terrestre!), Juno passará por Perijove, a parte mais próxima do centro de Júpiter, a uma distância de 3,5 mil quilômetros das nuvens do planeta. Onze minutos e 33 segundos depois, ela estará diretamente acima da Grande Mancha Vermelha.

Durante sua passagem, a sonda coletará dados e registrará imagens da misteriosa tempestade. Mal podemos esperar para saber o que ela descobrirá por lá. 

É possível conferir o acervo completa de imagens captadas pelo Juno aqui

Leia também:
+ NASA revela imagem do "rosto" de Júpiter
+ Júpiter é o planeta mais antigo do Sistema Solar, dizem cientistas

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.