Header Ads

Nasa vai transformar sucata em apartamento espacial

Leonardo e Raffaello decolaram em uma missão espacial. Mas Donatello ficou na superfície terrestre, abandonado e esquecido. Parece o roteiro de um episódio de As Tartarugas Ninja, mas é só a história de três grandes caixas de alumínio construídas pela ASI, a agência espacial italiana, na década de 1990 – que também foram batizadas à moda renascentista.

Com 6,4 metros de comprimento e 4,6 metros de altura, elas foram feitas sob medida para o “bagageiro” dos ônibus espaciais dos EUA (como o Discovery). Entre 2001 e 2011, Leonardo e Raffaello foram ao espaço 12 vezes, sempre carregando peças da Estação Espacial Internacional (ISS). Mas Donattello ficou por aqui, de reserva, e os veículos espaciais acabaram se aposentando sem usá-lo.

Ainda bem que essas duas décadas de espera serão recompensadas: a Nasa acaba de anunciar que o contêiner zero quilômetro (cujo nome técnico é MPLM, sigla em inglês para “módulo logístico de múltiplas funções”) será transformado em um pequeno apartamento voador – protótipo de um módulo que abrigará astronautas na órbita da Lua.

A reforma, que deve demorar 18 meses, será feita no Kennedy Space Center, na Flórida, pela empresa de tecnologia aeroespacial Lockheed Martin – que tem no currículo, entre outras coisas, o caça F-22. Em uma nota triste, Donattello não sairá da Terra. Terminada sua construção, será entregue à Nasa, que o usará de referência para construir os módulos que realmente irão para o espaço. Em seu interior, serão instalados banheiros, depósitos de água e comida e estações de trabalho robóticas. Por fora, ele manterá a aparência original: um cilindro brilhante.

Esse é um dos primeiros passos do projeto Deep Space Gateway (em português, “portão para o espaço profundo”). O objetivo é construir uma estação espacial na órbita da Lua, que serviria de ponto de partida para missões tripuladas a Marte ou mais além. Em outras palavras, uma espécie de posto de gasolina com restaurante, só que no espaço.

“É fácil não dar valor às coisas quando estamos em casa, mas os astronautas do futuro vão encarar desafios únicos”, afirmou em um anúncio à imprensa Bill Pratt, responsável pela reforma. “Algo tão simples quanto ligar para sua família é completamente diferente quando você não está na Terra. Para construir esse habitat, nós precisamos pensar de forma diferente, mais adequada às longas viagens para Marte. E nos assegurar de que os astronautas ficarão seguros e saudáveis.”

Ao Washington Post, ele afirmou que Donattello é “um degrau rumo ao verdadeiro veículo, e se irá se parecer bastante com o que realmente irá para o espaço”.

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.