Header Ads

Prestes a estrear série médica, Marjorie Estiano diz que não vê produções do gênero

Séries médicas sempre foram muito populares, e agora a Rede Globo se prepara para lançar uma produção do gênero. “Sob Pressão” (baseada no filme de mesmo nome lançado em 2016) é protagonizada por Marjorie Estiano e Júlio Andrade. O Papelpop foi ao evento de lançamento da minissérie, nesta terça-feira (4), no Rio de Janeiro, e conversou um pouco com a atriz sobre o novo trabalho.

Marjorie Estiano contou que gostou muito da produção, porque discute a realidade brasileira. Mas também revelou que não é fã de séries do gênero, às quais não assistia antes do novo trabalho. “Eu confesso que não costumo assistir a séries médicas americanas ou de outra origem. Também confesso que só acabei dando uma pesquisada nesse período antes do ‘Sob Pressão’, mais para ver como tinha sido abordado o tema. Fiquei nada surpresa, porque ‘Sob Pressão’ é extremamente brasileira. Ela tem uma realidade e identidade completamente própria.”

Quando perguntamos quais programas usou na sua pesquisa, Marjorie disse: “Eu assisti a um pouquinho de várias, de “House”, “Grey’s Anatomy”, “ER”, acho que é isso.”

Sob Pressão

“Sob Pressão” foi gravada em uma parte desativada do Hospital Nossa Senhora das Dores, em Cascadura, no Rio de Janeiro. O foco da série é mostrar as dificuldades que os médicos enfrentam no precário sistema de saúde público brasileiros, especialmente no estado fluminense, que enfrenta uma grande crise financeira. No primeiro episódio do programa, que nós já assistimos, além da forte carga dramática, é possível notar que a falta de equipamentos e energia, banco de sangue vazio, e improvisos de última hora com uma mangueira e um celular, por exemplo, serão abordados com peso no programa.

Marjorie Estiano interpreta Carolina, uma jovem médica que acredita na bondade humana, mas que carrega alguns traumas de infância. A atriz nos contou que além da carga dramática, e da realidade próxima da série, houve outra dificuldade ao viver a personagem. “Os termos eram sempre bem difíceis. Era um desafio poder falar com agilidade ‘desfibrilador’, ‘noradrenalina’, e outros. São muitos trava línguas, e equipamentos que a gente não tem familiaridade e temos que absorver essa intimidade, criar uma imagem cotidiana, usual pra gente. É muito mobilizador contar essa história em outro lugar que não o jornal, que a gente vê todo dia e está quase banalizado. Minha expectativa é de poder atingir e transformar”, explicou.

O último trabalho de Marjorie na Globo foi a série “Justiça”, em que interpretou a bailarina Beatriz, que ficou paraplégica e pediu para o noivo a matar. Na série médica, o tema da eutanásia mais uma vez será abordado. “É um tema meio polêmico, mas deve ser discutido. Acho que você deve ter o direto sobre a sua vida, acho que o direito é seu. Naquele caso [de ‘Justiça’], na minha opinião, foi precipitada a decisão, no fervor da situação”, disse.

“Sob Pressão” marca mais um papel de protagonista para Marjorie Estiano, depois das novelas “Duas Caras”, “A Vida da Gente” e “Lado a Lado”, e grande destaque em “Império” e na minissérie “Ligações Perigosas”. “Na verdade, eu nunca parei para me relacionar com esse termo de protagonista ou protagonismo. Sempre me relacionei com o conflito dos personagens, era sempre isso que me interessava. Essa trajetória, quando eu avalio os personagens que fiz até então, eu acho que tem muito do meu perfil aliado às oportunidades. Mas as escolhas que eu fiz eram sempre pautadas em cima dos conflitos”, disse.

Óbvio que nós lembramos da nossa amada Natasha, da saudosa Vagabanda, na Malhação lá em 2004, o que logo arrancou risos de Marjorie. “É incrível como existem muitos fãs de Vagabanda. Fico impressionada que uma das personagens que mais me lembram de ter feito é a Natasha, e também a Vagabanda. Foi quando me conheceram, minha primeira personagem, e tinha a música que fez sucesso também. Era muito bom.”

“Sob Pressão” estreia no dia 25 de julho na Rede Globo. Os episódios serão disponibilizados sempre uma semana antes no Globo Play, plataforma de streaming da emissora.

O drama hospitalar é dirigido por Andrucha Waddington, que também comandou o longa de 2016. No elenco de “Sob Pressão” também estão Bruno Garcia, Stepan Necerssian, Orã Figueiredo, Heloisa Jorge e Talita Castro.

 

O post Prestes a estrear série médica, Marjorie Estiano diz que não vê produções do gênero apareceu primeiro em PAPELPOP.

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.