Header Ads

A Nasa está contratando alguém para defender a Terra de ETs

Caso você esteja pensando em trocar de carreira ou começar um novo emprego, um comunicado recente da Agência Espacial Norte Americana pode chamar sua atenção. A Nasa anunciou neste mês que está com uma vaga aberta para agente de proteção planetária (planetary protection officer, em inglês). É a sua chance de ajudar os cientistas a defender a Terra de alienígenas – e ainda ganhar uma boa grana com isso.

(NASA/Reprodução)

Imagine uma expedição com o objetivo de explorar um corpo celeste – Marte, ou outro planeta, ou uma das luas de Júpiter, por exemplo. Acordos internacionais estipulam que qualquer viagem dessas deve ter menos de 1 chance em 10 mil de contaminar o destino final com alguma substância daqui da Terra.

Esta é a base do trabalho do agente de proteção planetária: ele precisa garantir que não existem riscos de contaminação. Isso inclui verificar se a espaçonave terrestre não vai levar nenhum micro-organismo potencialmente perigoso para fora – e, ao mesmo tempo, também é preciso prevenir que nenhum material orgânico suspeito seja trazida para cá.

Catharine Conley, atual agente de proteção planetária (Paul E. Alers/NASA)

Desde 2006, quem ocupa a posição é a bióloga Catharine Conley. Em entrevista ao Business Insider, ela contou que a vaga está aberta porque a Nasa decidiu realocar o cargo a outro departamento dentro da agência.

Conley diz que o agente de proteção planetária é responsável por decidir quais são os melhores equipamentos e procedimentos para reduzir os riscos de contaminação. O funcionário ainda viaja para outros centros espaciais pelo mundo para analisar robôs que estão sendo construídos para missões espaciais. Mas, de acordo com a cientista, um típico dia de trabalho é burocrático, envolvendo e-mails e estudos de novas pesquisas.Devido à legislação atual, o contratado assumirá por três anos, com a possibilidade de estender esse período por mais dois e, depois, ser promovido. Você pode entender um pouco mais sobre o Escritório de Proteção Planetária aqui. 

Se você estiver se perguntando quanto vale manter a segurança da nossa querida Terra, eis a resposta: R$ 585 mil por ano. É o teto do salário oferecido pela Nasa, US$ 187 mil – o equivalente a R$ 48 mil ao mês. Mas, para conseguir essa remuneração, o candidato precisa preencher uma série de pré-requisitos bem exigentes.

Entre as qualificações, é necessário experiência mínima de um ano como funcionário do governo norte-americano e “conhecimento avançado” a respeito das funções envolvidas na proteção planetária. Também é imprescindível trazer na bagagem algum tipo de envolvimento em programas espaciais “de importância nacional” e “habilidades diplomáticas”. A formação do candidato deve ser em física, engenharia ou matemática. Além de tudo isso, claro, você precisa ser cidadão dos Estados Unidos.

E aí, vai enviar seu currículo?

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.