Header Ads

As vendas de iPads voltaram a subir

O relatório financeiro da Apple veio com uma boa notícia para os investidores: além de ter lucrado US$ 8,7 bilhões no terceiro trimestre fiscal, a empresa aumentou em 15% a quantidade de unidades vendidas de iPads em relação ao mesmo período de 2016. Faz três anos que as vendas só caíam.

Entre abril e junho, a Apple vendeu 11,4 milhões de iPads no mundo e obteve receita de US$ 5 bilhões, um aumento de 2% em relação ao ano anterior. O caríssimo iPad Pro de 10,5 polegadas, que tem versões de até 512 GB e chega a custar R$ 9.599 no Brasil, só foi apresentado em junho, por isso, ele teve pouca influência nos resultados.

O ressurgimento do iPad, de acordo com o Ars Technica, “está sendo atribuído a fortes vendas para empresas e uso educacional, à medida que as escolas compram iPads em volume para seus alunos e funcionários”.

Além disso, as vendas foram reforçadas pela atualização que o iPad ganhou no final de março, pouco antes do início do terceiro trimestre fiscal. O novo modelo é mais acessível e custa a partir de US$ 329 (ou R$ 2.499 no Brasil). Ele substituiu o iPad Air 2 e tem corpo mais espesso e pesado, mas chegou com processador mais rápido e tela mais brilhante em relação ao antecessor.

Em resumo, a Apple obteve receita de US$ 45,4 bilhões e lucro de US$ 8,7 bilhões, o que fez as ações subirem mais de 6%. O iPhone ainda é, de longe, o carro-chefe da empresa, com 41 milhões de unidades vendidas em três meses e receita de US$ 24,8 bilhões (mais da metade!), seguido pelos serviços (US$ 7,3 bilhões), Macs (US$ 5,6 bilhões) e iPads (US$ 5 bilhões).

Todos os números estão no site da Apple.

As vendas de iPads voltaram a subir

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.