Header Ads

Da infância à terceira idade – exercícios ideais para cada fase

O sedentarismo atinge quase metade da população no Brasil, segundo dados divulgados pelo Ministério do Esporte. Atualmente, 46% dos brasileiros não praticam nenhum tipo de esporte e esse número é preocupante, uma vez que colocar o corpo para se movimentar garante melhor qualidade de vida.

Segundo Renato Kalil, médico do esporte do Kurotel – centro médico de longevidade e Spa -, a inatividade física é um problema mundial de saúde, uma epidemia que não recebe a devida atenção e importância por isso, independentemente da idade, praticar atividade física é imprescindível.

Mas que tipo de exercício deve ser realizado em cada etapa da vida? De acordo com o especialista, o primeiro passo é esclarecer que não existe um exercício ideal, mas sim práticas mais adequadas para diferentes fases e que podem ajudar qualquer pessoa a sair do sedentarismo.

Kalil listou os exercícios que melhor se adequam para cada etapa. Confira a seguir:

Crianças e pré-adolescentes

Atividades lúdicas e cooperativas, como jogos coletivos e danças, segundo o médico, são práticas que estimulam valências físicas diversas, como coordenação, equilíbrio, força, agilidade, velocidade, ritmo, assim como atividades aeróbias ao ar livre.

“Crianças, pré-adolescentes e até adolescentes devem acumular pelo menos 300 minutos por semana de atividade física. Videogames interativos não substituem a qualidade e quantidade das atividades físicas necessárias”, alerta Kalil.

Adolescentes

É nesta fase da vida que alguns exercícios de resistências começam a ganhar relevância, pois o corpo está na reta final de crescimento e desenvolvimento.

“É na adolescência que a musculação pode ser inserida, desde que se tenha o acompanhamento de um profissional de educação física, executando um treinamento específico para esta idade”, afirma o especialista.

Ele também sugere atividades aeróbias, atividades programadas e supervisionadas no esporte.

Adultos

É na fase adulta que começa progressivamente a redução de massa muscular e os exercícios de resistências continuam sendo os mais importantes. “Pilates, musculação, treinamento funcional, crossfit, natação, corrida, bike e ioga são algumas possibilidades”, sugere Kalil.

Segundo ele, independente do que a pessoa escolha fazer, o principal objetivo da atividade física nessa fase é o fortalecimento muscular pelo menos duas vezes por semana. Treinos aeróbicos continuam sendo essenciais na fase adulta.

Idosos

Musculação, pilates e treinamento funcional são alguns dos exercícios indicados para pessoas na terceira idade. “Atividade de resistência é imprescindível, pois ajuda a readquirir a massa magra perdida ao longo dos anos, o que se traduz independência, autonomia e mais qualidade de vida”, explica o médico.

Outro exercício sugerido pelo especialista seria a caminhada ao ar livre em ritmo moderado ou intenso, mas desde que tenha a orientação e acompanhamento de um profissional. Já a hidroginástica – exercício com baixo risco de lesão – é importante, porém não substitui o trabalho específico de força, importante para essa fase.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Exame.com

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.