Header Ads

Firefox 55 traz suporte a realidade virtual e mais desempenho

O domínio do Chrome não intimida a Mozilla: determinada a conquistar mais usuários (ou, pelo menos, a manter a base atual), a organização lançou o Firefox 55 oficialmente nesta terça-feira (8). A novidade traz suporte a recursos de realidade virtual, inicialização mais rápida e, como de hábito, promessa de mais desempenho.

Firefox

De acordo com a Mozilla, o Firefox para Windows é, a partir de agora, o primeiro navegador para desktop a oferecer suporte nativo à WebVR, API que permite a execução de aplicações de realidade virtual diretamente no browser. O padrão é compatível com dispositivos como Oculus Rift e HTC Vive.

A ideia é permitir, por exemplo, que você experimente um aplicativo ou jogo com realidade virtual diretamente da web. É possível encontrar algumas experiências no site Mozilla VR.

Embora bem-vindo, a WebVR deve beneficiar apenas uma pequena parcela de usuários. Mas o Firefox 55 não se limita a isso. Graças ao projeto Quantum Flow, que visa melhorar o desempenho do navegador em vários aspectos, a nova versão também traz inicialização mais rápida quando várias guias de uma sessão anterior são restauradas.

No desempenho geral, a Mozilla ressalta que a versão de 64 bits do Firefox para Windows está mais rápida e menos suscetível a erros — testes mostram que o navegador reduziu o índice de falhas em 39% em computadores com 4 GB de RAM.

Firefox 55

Outros atributos incluem buscas mais rápidas na web a partir da barra de endereços, bloqueio por padrão de Flash (é necessário clicar no conteúdo para ativar a execução) e uma área no menu Opções para ajuste da quantidade de processos que o navegador pode abrir — o padrão é quatro, mas a própria Mozilla sugere que esse número seja aumentado se você tiver um computador com 8 GB de RAM ou mais.

Firefox 55 - configurações

Se ficou parecendo que o Firefox 55 trouxe avanços significativos, mas pouco empolgantes, pelo menos a novidade ajuda a preparar terreno para a chegada do Firefox 57: em entrevista recente à CNET, o CEO da Mozilla Chris Beard afirmou que essa versão vai ser um “big bang” por conta da quantidade de recursos que trará, incluindo design renovado e motor de renderização totalmente novo.

Enquanto isso, o Firefox 55 pode ser baixado aqui.

É o fim da guerra dos browsers?

Em um passado muito distante (pelo menos em anos de internet), um dos passatempos preferidos dos aficionados por tecnologia era testar vários navegadores diferentes. Assim, metade dos tópicos em fóruns de tecnologia eram de usuários enaltecendo os novos recursos do seu navegador predileto.

Mas, de acordo com Andreas Gal (ex-CTO da Mozilla), esses tempos ficaram para trás. O Chrome não só venceu, como é bem possível que todos os seus concorrentes estejam mortos em dois ou três anos (menos o Safari). Será? Discutimos o assunto no Tecnocast 070. Dá o play e vem com a gente!

Firefox 55 traz suporte a realidade virtual e mais desempenho

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.