Header Ads

Dell P2418HT, o monitor touch com bordas infinitas

Apresentado no começo do ano, o monitor Dell P2418HT é um produto voltado para quem precisa de produtividade, segundo a marca. Ele tem uma tela sensível ao toque de 24 polegadas, um design diferenciado, bordas laterais quase inexistentes e suporte articulado.

Por um preço acima da média, de R$ 1.500, será que ele é uma boa opção? Veremos neste breve review.

Design

Sem dúvidas, é aqui onde está o maior trunfo do P2418HT. Em tempos de telas infinitas, um design com bordas laterais pouco notáveis é muito bem-vindo, ainda mais para um monitor. De fato, esse desenho melhora a concentração na tela e faz com que o monitor dê mais respiro a uma mesa cheia.

De lado, o P2418HT nem é tão fino, mas isso não faz tanta diferença. Ele vem com um suporte versátil que permite vários ângulos de inclinação. O monitor pode ficar em posição normal, apoiado na mesa, ou até mesmo virado para cima — útil caso você queira usá-lo em pé.

Outra boa notícia é que ele tem várias entradas e portas. Há DisplayPort, HDMI e VGA (mas não DVI), três portas USB 3.0 (sendo duas laterais), duas portas USB 2.0 e uma saída para fones de ouvido de 3,5 mm.

Esses diferenciais são bem positivos e trazem a imagem de produto premium que a Dell costuma manter em seus dispositivos. Posso estar sendo chato demais, mas senti falta de um suporte mais versátil ainda, como o do S2716DG que mostrei no review do Alienware. O P2418HT não se inclina para os lados e nem para trás ou para frente sem se mexer verticalmente, por exemplo.

Hardware e telas

Aqui também deveria ser o maior trunfo do P2418HT, mas nem tudo são flores. Mas vamos começar pelo que é bom: o display. As cores agradam pela saturação, sem atrapalhar a visão e mantendo a fidelidade.

O brilho e o contraste também estão dentro do esperado para esta faixa de preço, e ambos têm bons extremos para configurar de acordo com as variações de iluminação. O material fosco (em vez de reflexivo) no display é importante, já que a tela reflete pouca luz. Essa configuração é ideal para quem vai usar o monitor em um escritório com bastante luz natural e não quer deixar o brilho no máximo.

No entanto, outras características do P2418HT me incomodam um pouco. A tela de 24 polegadas tem resolução de 1920×1080 pixels, o mesmo que você encontra em monitores bem mais baratos de 21,5 polegadas. Tudo bem que essa resolução também é popular em telas de 24 polegadas, mas me agradaria mais ter uma tela 2K para compensar o preço acima da média e aproveitar o tamanho do monitor.

Falo isso porque também há outras especificações que não condizem muito com o preço. Por exemplo, o tempo de resposta tem 6 ms (cinza a cinza) enquanto outros monitores da mesma faixa de preço já ficam na casa dos 2 ms ou até 1 ms. Claro, essas especificações fazem mais sentido para um produto voltado para gamers — mas, preço a preço, eu me sentiria mais confortável recomendando um produto que não sacrifica especificações pelo design ou painel sensível ao toque.

Ah sim, o touch! Quase tinha esquecido. A tela capacitiva não deixa a desejar e se integra bem ao sistema, mas senti falta de uma caneta para trazer mais precisão. Principalmente no Windows 10, com tantas ferramentas que aproveitam a escrita, como o Windows Ink. Com o dedo não é a mesma coisa (e seria bem confortável desenhar ou escrever nessa posição inclinada do P2418HT.

Conclusão

O P2418HT é muito bem acabado. A Dell realmente acertou com essas “bordas infinitas”. Mas, por dentro, eu esperava mais.

Vamos aos concorrentes. O Asus VS248H-P, por exemplo, tem as mesmas 24 polegadas, mas tempo de resposta de 2 ms e custa R$ 780. O VX248H, da mesma marca, vem com tempo de resposta de 1 ms e até alto-falante integrado por cerca de R$ 1 mil. Ambos não têm touch e também se limitam a 1080p, mas saem por 500 reais a menos que o P2418HT.

Eu perdoaria o preço se a resolução fosse maior: com 2560×1440 pixels, por exemplo, esse monitor da Dell teria um bom custo-benefício. Mas não: o touch encarece o monitor e nem é tão bem aproveitado por usuários especializados quanto poderia.

De qualquer forma, o monitor está longe de ser ruim. Ele pode ser uma boa opção para precisa eventualmente de uma touchscreen e quer entrar na onda das bordas infinitas, não se incomodando com resolução de 1080p ou tempo de resposta não tão baixo.

Nessas configurações, o preço fica acima da média, mas as características estão abaixo da média.

Pontos positivos

  • Design premium e suporte bem articulado
  • Bordas infinitas fazem diferença em um monitor
  • Cores bem saturadas e brilho ótimo
  • Portas, portas, portas

Pontos negativos

  • Características medianas, mas preço acima da média
  • 1080p é pouco para 24 polegadas

Dell P2418HT, o monitor touch com bordas infinitas

Nenhum comentário

-Antes de sair lembre-se de COMENTAR nós damos muito valor a opinião do leitor(você)
-Críticas e elogios serão aceitos para que possamos melhorar cada vez mais.
-Diga com suas propias palavras
-Não use palavras de baixo calão

BOM AGORA QUE JA LÊU JA PODE COMENTAR!
Diga oque voce achou dessa publicação?

Tecnologia do Blogger.